Mapa do Site
Use o mapa para facilitar a navegação.
Diretrizes de Mentoria
DIRETRIZES DO PROGRAMA DE MENTORIA

O Instituto Êxito de Empreendedorismo tem como uma das suas ações a realização do Programa de Mentoria, como parte da sua missão de levar o empreendedorismo ao alcance de todos e sabendo do seu papel transformador na mudança de um indivíduo, de uma organização e da sociedade. A mentoria é uma ferramenta de desenvolvimento profissional que tem como objetivo orientar profissionais menos experientes em uma área específica. Trata-se de um processo composto pelo mentor, que é um profissional experiente na sua área, e o mentorado, que necessita da orientação. Todo o processo deve ocorrer sem qualquer espécie de remuneração ou gratificação financeira ou material.
Nesse documento apresentamos as diretrizes gerais para a realização do Programa de Mentoria do Instituto Êxito de Empreendedorismo.

 

PRINCÍPIOS FILOSÓFICOS

O Programa de Mentoria realizado pelo Instituto Êxito de Empreendedorismo deve prezar pelos seguintes princípios norteadores:

1º: Todo mentorado é único no conjunto das suas experiências e na sua história;

2º: A mentoria deve ocorrer em ambientes que sejam motivadores e propícios para a transformação do mentorado;

3º: Cabe ao mentor a condução do processo de transformação do mentorado, facilitando o alcance dos seus resultados, sendo o orientador da sua jornada;

4º: O mentorado deve participar de forma responsável e autônoma na construção da sua jornada de transformação;

5º: A mentoria deve focar na aquisição de competências, habilidades e atitudes, cumprindo a missão de formação integral do mentorado;

 


OBJETIVOS GERAIS

O objetivo do Programa de Mentoria é oferecer aos mentorados a possibilidade de conhecerem as principais práticas e desafios do empreendedor, desenvolvendo uma visão crítica sobre si mesmo que permita a identificação dos sues principais medos e forças, bem como fortalecer os comportamentos e atitudes que formarão o mentorado na sua integralidade respeitando a sua própria história, construindo uma narrativa identificada ao seu propósito.

Durante a mentoria, o mentor dá apoio ao mentorado de modo que ele receba orientação em relação às dúvidas e incertezas sobre suas escolhas, abrindo um conjunto de opções para apoio às melhores decisões e atitudes na área desejada. Assim, é necessário que desde o início exista um conjunto de metas a serem alcançadas (de comum acordo entre o mentor e o mentorado), sempre com o foco na melhoria da performance no campo de atuação do mentorado, ou seja, que o mesmo alcance os resultados de transformação rumo aos objetivos traçados.

O objetivo da mentoria é fornecer conhecimentos e troca de ideias entre o mentor e o mentorado, estimulando o desenvolvimento profissional desse. Durante o processo, o mentor atua como fonte de inspiração e referência.

Entre as finalidades da mentoria, é possível citar a identificação de barreiras internas do mentorado, foco no alcance de objetivos, definição dos indicadores pessoais de desempenho, acompanhamento e avaliação da realização desses indicadores e o compartilhamento das melhores práticas para obtenção dos melhores resultados.

 

ORGANIZAÇÃO GERAL DO PROGRAMA DE MENTORIA

A mentoria consiste em um programa de orientação, pelo período sugerido de 8 (oito) encontros, com 1 (um) encontro semanal, com duração de 1h a 1h30. Será realizado no ambiente definido pelo Instituto Êxito, em comum acordo entre o mentor e o mentorado.
O número de encontros e a duração de cada um pode ser ajustado de acordo com o plano de ação específico de cada mentor e as necessidades do(s) mentorado(s).
O mentor deverá ser especialista em determinada área, confirmada pela sua atuação e experiência profissionais. O mentorado será atendido pelo mentor, que lhe ensinará técnicas, formas de atuação, caminhos, atenção aos riscos, tudo voltado para transferência de experiência para o mentorado.

 

ETAPAS DO PROCESSO DE MENTORIA

O Programa de Mentoria do Instituto Êxito de Empreededorismo deve levar em consideração as seguintes etapas, que servirão para orientar tanto o mentorado quanto o mentor, sempre em consonância com os princípios e objetivos do Programa:
- Avaliação inicial do nível do mentorado: O mentor, na primeira reunião da mentoria, deverá aplicar um questionário que será usado para identificar em que momento o mentorado encontra-se em relação o seu desempenho. Nesse momento também é identificada a necessidade do mentorado, o motivo para realizar a mentoria e concordarem (mentor e mentorado) sobre as metas a serem alcançadas. É importante nesse momento a realização de questionário para identificação do perfil do mentorado.
- Autoconhecimento: identificação dos pontos a serem aperfeiçoados e potencializados na construção dos comportamentos e atitudes do mentorado.
- Diagnóstico: quais são os problemas e dificuldades que o mentorado passa na carreira ou empreendimento e quais seus desejos de melhoria.
- Despertar o desejo de mudança: estimular no mentorado a consciência de que é necessária a mudança do estado atual, desenvolvendo uma mentalidade que lhe permita promover as ações necessárias a seu desenvolvimento.
- Planejamento das metas: depois de identificado o objetivo principal do mentorado, é hora de definir um conjunto de metas coerentes com esse objetivo.
- Acompanhamento: troca de ideias, experiências e orientações sobre o caminho que o mentorado está percorrendo, ajustando a direção quando necessário.
- Atividades complementares: o mentor apresentará um cardápio de opções para que o mentorado possa, em paralelo aos encontros semanais, acelerar a sua transformação por meio de leituras, vídeos, podcasts e cursos disponíveis na plataforma do Instituto Êxito.
- Avaliação: avaliar o desenvolvimento do mentorado conforme o cumprimento das suas metas. A sua evolução, o que já foi alcançado e o que é possível avançar.
- Apresentação de resultados: ao chegar ao final do programa de mentoria é importante traçar um painel comparativo entre a posição do mentorado no início do processo e os resultados de transformação que foram obtidos.

 

ATUAÇÃO DO MENTOR

O mentor deve orientar e estimular o mentorado de forma que este possa, de forma autônoma e independente, desenvolver as habilidades e competências necessárias para alcançar as suas metas. O mentor não deve agir como um guia na jornada de autoconhecimento do mentorado.
Por ter mais experiência e conhecimento é importante que o mentor compartilhe histórias de sua carreira, momentos decisivos, seu raciocínio para tomada de decisões e como administra os riscos.
A partir das sucessivas trocas de experiências o mentorado deve ter no mentor uma fonte inspiração, que será construída no decorrer do processo.
O mentor também pode apresentar conexões entre o mentorado e outras pessoas, gerando networking e possibilidades de novos aprendizados, ou até mesmo, identificação de negócios.
Como forma de melhor auxiliar o mentorado e importante a aplicação de questionários que tracem o perfil do mentorado e explicitem seus objetivos, para que seja definido um plano de ação.
Durante o período da mentoria, o mentor deve estimular o mentorado com atividades e exercícios, dentro e fora das sessões de mentoria.
O mentor deve estabelecer objetivos para o mentorado alcançar entre um encontro e outro, avaliando os avanços e trazendo possibilidades de reflexão.
A comunicação entre o mentor e o mentorado deve permanecer informal. Isso garantirá que a comunicação não se torne rígida ou hierárquica. O mentor deve ser acessível e de apoio, mantendo as conversas leves, mas informativas.
É preciso que a relação entre mentor e mentorado seja de confiança. Para tal, o mentor deve ser sincero em seus posicionamentos e avaliações, agindo sempre com presteza e dedicação e buscando incentivar o mentorado.
De uma forma geral, traçamos algumas orientações ao mentor para que a mentoria seja mais eficiente possível:
- Tenha uma atitude permanente de fazer as perguntas que levem o mentorado a refletir sobre as suas crenças limitantes. Essa atitude é amplamente conhecida como o método socrático da busca do conhecimento.
- Não espere nada em troca (você ficará encantado com o que recebe de volta).
- Seja autêntico e íntegro, mantendo a relação permanente e próxima entre o discurso e a prática.
- Seja assertivo e empático ao mesmo tempo. Diga a verdade, por mais difícil que seja, mas sempre se colocando no lugar do outro.
- Pratique a escuta ativa como uma forma de manter um diálogo eficiente, em que o mentorado é capaz de realmente interpretar e assimilar todo o conteúdo que é expresso pelo mentor, de forma sincera.
- Separe claramente opinião do fato, sendo importante evitar as afirmações generalistas e que não possam ser quantificáveis ou demonstradas pelo raciocínio lógico.
- Tudo que ocorre no processo de mentoria deve se manter dentro do processo. Mantenha todas as informações apenas entre você e o mentorado, sem levar a terceiros.
- Seja um autêntico companheiro de jornada, evitando ao máximo a necessidade de controlar e ordenar. Demonstre robustez na sua visão de mundo, mas na exata medida em que o mentorado não se sinta dependente.
- Pratique junto ao mentorado o otimismo misturado com a realismo, ou seja, sempre fique atento que o desejo nunca seja maior que a realidade.

 


São Paulo, 08 de junho de 2020.

Janguiê Diniz – Presidente do Instituto Êxito de Empreendedorismo

Fale no WhatsApp